sábado, 20 de junho de 2009

Gafes do Cinema

Nesta sequência de Terminator 2: Judgement Day, após a entrada do T-1000 no helicóptero, provocando um buraco no vidro frontal, na cena seguinte o mesmo vidro já se encontra reparado...

10 comentários:

Airton disse...

hahaha
bizarro


http://publicandobr.blogspot.com/2009/06/cannes-2009-chances-em-film-e-press.html

vai la noticias de cannes
abraço

Gustavo disse...

Até o perfeccionista Cameron falha...

Álvaro Martins disse...

Este filme é um dos reis das gafes, acho que já postaste outra gafe deste, não foi?

anyway, já o filme vale pouco ou nada, ainda para mais com estas gafes todas...!!! :)

Abraços

Filipe Machado disse...

Sim , Ávaro. Coloquei uma em que se detecta que estão 2 pessoas a pilotar o helicóptero, quando na realidade era suposto ser uma. Realmente, este filme e o Gladiador têm no seu conjunto uma pilha de falhas.

Victor Afonso disse...

Este filme está carregado de erros do género. O site Movie Mistakes conta nada menos do que 121!
http://www.moviemistakes.com/film1268

Filipe Machado disse...

Caro Victor, penso que será a média de falhas de qualquer blockbuster desta dimensão. É incrivel! Já agora vou pesquisar no Movie Mistakes o número de erros de alguns dos filmes mais conhecidos do género. Obrigado!

Maria das Mercês disse...

Quem me dera que alguém reparasse a ferrugem do meu carro a essa velocidade! :)

Victor Afonso disse...

É incrível como dois dos meus filmes preferidos - Apocalypse Now e The Shining lideram a lista com mais erros (300 e tal).

Mas como eu não quero conhecer esses erros, tal como disse aqui - http://ohomemquesabiademasiado.blogspot.com/2008/04/os-erros-dos-filmes.html

Nasp disse...

Não posso deixar de comentar...

Os melhores filmes são aqueles que tẽem mais gafes... nos piores filmes sabem porque é que ninguém as encontra ??? Porque ninguém chega a ver o filme.

Terminator 2 com 200 ou 300 gafes é um filme "PERFEITO" que encaixa como peças de lego no original.

@Alvaro Martins lá no fundo não acredito muito bem no que disseste

Filipe Machado disse...

Tenho de concordar com o Nasp. Apesar de tudo, este é um dos grandes filmes de ficção científica dos anos de 1990. Foi também um marco em termos de efeitos especiais.