quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Último filme visionado: La Mariée Était En Noir


LA MARIÉE ÉTAIT EN NOIR (1968) de François Truffaut

Uma homenagem ao cinema de Alfred Hitchcock, apesar do realizador focalizar-se mais na conduta da protagonista do que propriamente no efeito suspense do enredo. Uma película recheada de surpresas visuais e narrativas, onde a atenção ao pormenor desaba numa subtil ironia ao bom estilo do cinema noir.
(7,5/10)

4 comentários:

Álvaro Martins disse...

Ora aí está um filme que nunca vi. Mas,deve ser bom filme pois os filmes que vi do Truffaut nunca me desiludiram, bem como Resnais e Godard, embora este seja muito mais monótono.

Gus H.R. disse...

Vi LES QUATRE CENTS COUPS semana passada, meu primeiro Truffaut, e foi uma experiência valiosa. Sabendo que ele era grande admirador de Hitch, essa homenagem deve ser inspirada. A ver.

Cumps.

Filipe Machado disse...

Caros amigos, o filme para mim foi deveras surprendente. Também foi a minha estreia com Truffaut. Espero aprofundar a sua filmografia nos próximos tempos. Obrigado pela dica!

Rafael Carvalho disse...

Já assisti a algumas coisas do Truffaut, mas ainda não esse que tem super cara de noir. Meu preferido do cineasta francês é Jules e Jim, uma pérola.