quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Doubt: as primeiras críticas

Se há filme que tem despertado a minha curiosidade nos últimos tempos é Doubt. Com cinco nomeações aos Óscares da Academia, quatro delas nas categorias das interpretações, esta película foi recebida de uma forma algo distante pela crítica especializada. Pelo que tenho lido, os consensos têm sido poucos, levando a crer que se trata daqueles filmes que dividem multidões e provocam o chamado efeito “amor/ódio”. No entanto, com um elenco desta qualidade, especialmente o duo protagonista (Meryl Streep e Philip Seymour Hoffman), e com um argumento que assenta num tema deveras estimulante e provocatório, será quase uma “infracção cinematográfica” evitar o seu visionamento. Ora vejamos quais foram as primeiras reacções da crítica americana especializada:

“Cinematically, Doubt is something of a dud. But if it remains a play, it's an ingeniously structured one, with smart, thought-provoking words spoken by fabulous actors.” By Dana Stevens (Slate)

“The film is nothing if not provocative.” By Kirk Honeycutt (The Hollywood Reporter)

“Just when you begin to think you know who the cat and mouse really are, in steps Viola Davis to steal not just her scene but the entire movie from Streep.” By Ann Hornaday (Washington Post)

“As a consideration of faith and propriety, the movie never managed to boil my blood or break my heart.” By Wesley Morris (Boston Globe)

“Shanley seems to have lost a certain amount of faith in what he'd written. As a director he's ended up pushing the drama harder than he needs to.” By Kenneth Turan (Los Angeles Times)

“A feast of great acting, although in the final analysis it's a filmed stage play rather than a brilliant movie.” By Lou Lumenck (New York Post)

Sítio Oficial: http://www.doubt-themovie.co.uk/

8 comentários:

Álvaro Martins disse...

Também ainda não vi o filme, mas cada vez mais tenho a sensação que não deve ser nada de especial. Muita publicidade...muito óscar....ahhhhh...não sei.
Só vendo é que se pode falar.

Abraços

Airton disse...

eeaee

tenhu q ver essa aindaa

http://publicandobr.blogspot.com/2009/02/and-oscar-goes-to.html

o meu oscar

Red Dust disse...

Há realmente muita publicidade em volta do filme, mas estou em crer, até pela qualidade do elenco, que teremos uma fita com qualidade. Eu, como é habitual, só daqui a uns meses é que vou poder conferir... :)

Abraço.

CINE31 disse...

De qualquer forma, fiquei curioso assim que vi o trailer. Mas vou esperar pelo DVD.

Rafael Carvalho disse...

Filmaço, merecia muito ter sido indicado ao Oscar na categoria principal. O elenco é todo bom. Veja assim que puder!

Ana S. disse...

Ainda não vi mas basta ser um filme que gera tanta divisão para dar-me vontade de vê-lo o mais depressa possivel!
Beijos

Gustavo H.R. disse...

É também o filme que mais me fez pensar e o que mais aguardo da temporada de Óscares, ainda que algumas críticas não tenham sido tão condescendentes. Imperdível, mesmo.

close-up disse...

é sem dúvida um grande filme, com uma mensagem poderosa e que na se limita a debitar informação mas nos briga a participar activamente, pensando e deduzindo ao longo dos minutos. o elenco está...sem palavras.

no entanto, deixou'me algo a desejar..alguns elementos foram talvez teatrais e literais demais, o que nao beneficiou de todo a fita...é pena =/

ainda assim, gostei imenso!